Carros da Tesla podem ganhar novo recurso de segurança

Carros da Tesla podem ganhar novo recurso de segurança

Os veículos fabricados pela Tesla podem receber em breve um novo recurso de segurança: a chamada de emergência. A ideia parece ter surgido após o proprietário de um Model 3 ter feito um apelo ao CEO da empresa, Elon Musk, no Twitter.

“Você poderia adicionar uma função de chamada de emergência que use a rede do carro? Precisei ligar para o 911 ontem, mas meu telefone não tinha sinal e não consegui. Meu Model 3 estava conectado e eu tentei de tudo, mas não consegui ligar para os serviços de emergência. Poderia salvar vidas”, tuitou o usuário.

Depois de buscar a ajuda de vários perfis relacionados à empresa, o proprietário do carro atraiu a atenção do CEO. “Claro que sim”, respondeu Musk, conhecido por levar em consideração o feedback de seus seguidores.

Em seu tuíte, o proprietário do Model 3 não explica qual a situação que o fez precisar do recurso. Portanto, é possível imaginar alguns casos em que a chamada de emergência poderia vir a calhar, como um mal-estar súbito do motorista durante o deslocamento, entrar no carro estacionado em um local com pouca iluminação ou até mesmo ocasiões em que o condutor esteja sendo seguido. Leia também: Volkswagen cria robô frentista para recarregar carros elétricos.

Referência em segurança

A eventual inclusão de um recurso como a chamada de emergência seria mais um reflexo da preocupação da Tesla com a segurança dos usuários. Portanto, em 2014, o Model S recebeu classificação máxima no índice de assistência à segurança do Programa Europeu de Avaliação de Carros Novos (Euro NCAP).

Já em 2019, foi a vez dos modelos Model 3 e Model X serem reconhecidos pela mesma entidade como os veículos elétricos ou híbridos mais seguros na categoria carro familiar e SUV, respectivamente.

Além disso, a empresa também possui um sistema de vigilância chamado Tesla Sentry Mode, que usa câmeras do piloto automático ao redor do carro para registrar qualquer ação realizada nas proximidades. Em janeiro, dois homens foram capturados pelo recurso e tentaram destruir o carregador do Model 3.